Sobre mim


Fotógrafa brasileira em Londres

Fotógrafa brasileira em Londres

Morgana Secco


Oi, eu sou a Morgana.

Sou uma fotógrafa brasileira em Londres, apaixonada por pessoas e por suas histórias

Minha trajetória

A minha história com a fotografia não é nada convencional. Quando eu era criança eu nunca pensei em ser fotógrafa, esse nunca foi meu sonho. Eu sequer tinha contato com a fotografia, a não ser por adorar organizar as fotos da família. Eu sempre fui uma ótima aluna e foi muito difícil escolher entre as opções de faculdade. Minha mente curiosa queria fazer quase todos os cursos que estavam na lista. Acabei optando por fazer engenharia química. Me formei, fiz mestrado, trabalhei quase 10 anos na área e construí uma carreira sólida. Mas aquilo não me fazia feliz.

Neste ponto, a fotografia já tinha entrado na minha vida há alguns anos como forma de hobby, uma paixão que eu amava estudar e explorar. Aí eu vi meus olhos brilharem quando decidi abrir mão da carreira de engenheira para me dedicar exclusivamente à fotografia.

E como se não bastasse largar a profissão, resolvi mudar de país e vim morar em Londres. Acho que posso dizer que sou uma sonhadora, mas do tipo que luta e não desiste enquanto não realizar seus sonhos. O último deles era me mudar para Londres. O próximo? Tenho vários, mas vamos tomar um chá que te conto pessoalmente!

O que eu fotografo

Amo fotografar pessoas e famílias de uma maneira espontânea e com luz natural. Trabalho com os conceitos de lifestyle e documental, que procuram ressaltar as personalidades e a vida real, pois acredito que essas serão nossas memórias mais valiosas. Fotografo eventos e casamentos, seguindo esta mesma linha. E agora também fotografo turistas que vêm visitar Londres e querem fotos com a qualidade que suas férias merecem!

O que me move

Acho que posso dizer que o que me move é fotografar o amor. O amor entre pais e filhos, entre um casal apaixonado, o amor por um lugar, por uma comida.

Amo as coisas simples da vida e nossas pequenas conquistas diárias, assim como as grandes celebrações. Acredito que, no final da vida será a lembrança destes momentos que vai definir se tivemos ou não uma boa vida. Acho que por isso gosto tanto de colecionar estes bons momentos.

Seja bem vindo!